HONG KONG USA RECONHECIMENTO DE DNA PARA RECRIAR ROSTOS DE PESSOAS QUE JOGAM RESÍDUOS NAS RUAS


Em Hong Kong (China), foi criada uma campanha chamada “O Rosto do Lixo” para estimular as pessoas a não jogarem lixo na rua.

Uma ONG local fez uma parceria com a agência publicitária Ogilvy & Mather para coletarem o DNA de algumas amostras de resíduos que foram jogadas no chão e usando computação gráfica avançada, recriam o que seria o possível rosto dos infratores.

Obviamente, a reconstrução facial não é perfeita, mas é possível deduzir o sexo e até os ancestrais (se a pessoa é negra ou asiática, por exemplo), cor da pele, cabelo, e dos olhos, e outras características. Como a idade não está no DNA, os pesquisadores usaram estatísticas demográficas a respeito do resíduo, levando em consideração se adolescentes fumam mais um tipo de cigarro, ou crianças comem mais um tipo de doce.

Os rostos reconstruídos foram estampados em cartazes nos lugares públicos da cidade  como estações de metrô e no próprio local onde foram encontrados os resíduos (cena do crime).

Veja um vídeo explicativo da campanha (em inglês):

via: RT


A informação foi útil pra você?

Se sim, compartilhe-a com seus amigos e deixe também sua opinião nos comentários.

Quer receber novos conteúdos do Meio Info gratuitamente? Cadastre-se:

Por favor, certifique que seu e-mail esteja correto.


Deixe uma resposta

Top