Você está aqui
Home > Mais Meios

PAPEL DE FIBRA DE CANA DE AÇÚCAR PROMETE ZERAR CORTES DE ÁRVORES

Papel de fibra de cana de açúcar

Economizar papel é uma das principais bandeiras levantadas por empresas quando querem se dizer “verdes”.

Faz sentido já que é bastante fácil colocar em prática essa economia e ainda reduz custos para a empresa, como aliás costuma acontecer com muitas iniciativas de foco ambiental embora poucos percebam isso.

Fazer anotações no próprio computador, ao invés do papel, ler documentos sem imprimir, salvar comprovantes bancários no computador e não impressos, enfim, as formas são muitas, mas, ao contrário do que se dizia há alguns anos, o computador não reduziu o consumo de papel. Pensando nisso, uma startup americana chamada TreeZero afirma ter encontrado uma alternativa “100% amiga das árvores.”

Ao invés de cortar árvores, o papel “TreeFrog” é produzido com fibra de cana-de-açúcar, ou seja, a sobra da extração do açúcar ou etanol (bagaço). Além disso não utiliza cloro e exige de 10 a 15% menos produtos para o embranquecimento. Como um bom papel que preze pela sustentabilidade, o TreeFrog é reciclável através dos mesmos processos utilizados em papéis comuns de eucaliptos ou pinheiros. O produto ainda não está disponível no Brasil.

Enquanto a matéria prima vier da sobra da cana-de-açúcar já plantada para extrair etanol ou açúcar, não há o que se questionar, porém ainda há dúvidas se no futuro as empresas produtoras de papeis substituirão os modelos atuais de produção a base de eucalipto e pinheiro e qual impacto esse sistema teria no meio ambiente, pois enquanto essas árvores podem demorar até 10 anos para fase de corte, a cana se renova a cada 2 anos, mas por outro lado, 1m² de terra para plantio de eucalipto produz várias vezes mais que a mesma área de plantio de cana-de-açúcar. Também seria necessário avaliar o potencial de absorção de CO2 das duas opções durante a fase de crescimento e o impacto sobre o solo.

 

via: Eco4Planet


A informação foi útil pra você? 

Se sim, compartilhe-a com seus amigos e deixe também sua opinião nos comentários.

Quer receber novos conteúdos do Meio Info gratuitamente? Cadastre-se:

Por favor, certifique que seu e-mail esteja correto.


Deixe uma resposta

Top