Você está aqui
Home > Água

BRASILEIRA CRIA SISTEMA SIMPLES QUE AJUDA A SOLUCIONAR CRISE HÍDRICA E GANHA RECONHECIMENTO INTERNACIONAL

Brasileira cria sistema simples que ajuda a solucionar crise hídrica

A brasileira Mariana Vasconcelos, administradora de 23 anos, moradora de Itajubá (MG), criou uma plataforma que conecta um aplicativo (Agrosmart app) para celulares a sensores instalados na terra. Desta forma, os agricultores podem saber a quantidade exata de água necessária para a atividade agrícola. A jovem empreendedora diz que o sistema Agrosmart Cultivo Inteligente pode promover uma economia de água entre 30% e 70%, se utilizado corretamente.

O projeto Agrosmart venceu 562 finalistas do concurso Call to Innovation 2015, promovido pela faculdade Fiap. Com o prêmio, Mariana ganha uma bolsa de estudos para o Graduate Studies Program (GSP) 2015 da Singularity University, que fica dentro de uma base de pesquisa da Nasa no Vale do Silício e tem cursos focados em inovação.

“..Foi uma grande conquista para a Agrosmart. Acreditamos que podemos melhorar a vida das pessoas ao buscar constantemente um modo mais inteligente de fazer as coisas. Teremos a oportunidade de levar a nossa inovação mais longe e isso só é possível porque temos um time fantástico”, diz Mariana, que possui também dois sócios no projeto, Raphael Pizzi e Thales Nicoleti, e cinco funcionários.

O que é o Agrosmart?

A Agrosmart aplica tecnologia de ponta para tornar as atividades no campo mais inteligentes, conectando os agricultores às suas plantações.

Com o uso de sensores, dados meteorológicos, processamento de imagens e uma aplicação baseada em Cloud Computing, fornecemos ao agricultor o monitoramento de diversas de variáveis em tempo real para a agricultura de precisão. Com isso, ajudamos a entender o seu cultivo e suas necessidades a cada momento, entregando informações para ajudá-lo em uma melhor tomada de decisão, capaz de aumentar a qualidade e a quantidade de produção, além de otimizar o uso de recursos.

Benefícios

A utilização do Agrosmart nas plantações promete vários benefícios e facilidades para os agricultores:

  • Compreensão em tempo real das necessidades de cultivo;
  • Economia de água e energia elétrica;
  • Monitoramento de saúde das plantas;
  • Irrigação inteligente;
  • Detecção de pragas;
  • Acesso de qualquer lugar;
  • Histórico de dados da produção;
  • Aumento da produtividade;
  • Redução do risco de perda da produção;
  • Sustentabilidade e concordância com as exigências governamentais.

Mariana afirma que o uso do app é simples:

“Queria algo que falasse a linguagem do agricultor. Tenho contato constante com eles, sei de suas dificuldades diárias.”

Ainda de acordo com Mariana, por enquanto, o Agrosmart está sendo usado em duas fazendas de Minas Gerais, como teste. Em maio deve começar sua comercialização. Sua meta é atingir outras dez fazendas até julho e 35 até o fim do ano.

Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), cerca de 70% da água do mundo é utilizada para irrigação na agricultura, porém 50% deste volume é desperdiçado durante o processo.

Se tudo der certo, o sistema criado pela brasileira pode até ser exportado para outros países, levando a sustentabilidade que a tecnologia atual pode proporcionar para uso mais correto da água, tão preciosa e necessária.

Parabéns a esta brasileira e seus sócios e funcionários. Pessoas assim, nos enchem de orgulho.

 

Meio Info/Agrosmart; Agrosmart facebook; G1


A informação foi útil pra você?

Se sim, compartilhe-a com seus amigos e deixe também sua opinião nos comentários.

Quer receber novos conteúdos do Meio Info gratuitamente? Cadastre-se:

Por favor, certifique que seu e-mail esteja correto.


Deixe uma resposta

Top